quinta-feira, 14 de dezembro de 2017

Filme 'Lampião e o Fogo da Serra Grande' vence Troféu Fernando Spencer

Filme “Lampião e o Fogo da Serra Grande” foi  produzido pela Fundação Cultural Cabras de Lampião (Foto: Assessoria/Divulgação)
Foto: Assessoria/Divulgação
O filme “Lampião e o Fogo da Serra Grande”, produzido pela Fundação Cultural Cabras de Lampião, em Serra Talhada, no Sertão de Pernambuco, foi um dos grandes vencedores da 19ª edição do Festival de Curtas de Pernambuco - FestCine 2017.

O curta “Lampião e o Fogo da Serra Grande” conquistou o Troféu Fernando Spencer na categoria Melhor Produção. “Não foi uma surpresa pra gente, pois trabalhamos muito para merecer esse prêmio, que é um reconhecimento da potencialidade de Serra Talhada na produção de arte audiovisual, o que muito nos alegra, uma vez que abre portas para outras premiações e projetos ambiciosos, além de despertar cada vez mais o interesse de outros jovens pela cultura audiovisual”, comentou o presidente da Fundação Cultural de Serra Talhada, Anildomá Souza.

Com 24 minutos de duração, o curta foi exibido durante o 19º FestCine, no Cinema São Luiz. “Lampião e o Fogo da Serra Grande” retrata o combate entre Lampião e a Polícia Militar, no dia 26 de novembro de 1926, que ficou conhecido como “Fogo da Serra Grande”. Noventa anos depois ainda ecoam os estampidos das armas na Literatura de Cordel, nos versos dos violeiros e agora em filme produzido pela Fundação Cultural Cabras de Lampião.

O filme

O roteiro e a direção são de Anildomá Willans, que é pesquisador do cangaço e Lampião há muitos anos e autor de alguns livros sobre esse tema. O elenco traz atores como Modesto de Barros, Paulo Eduardo, Karl Marx, Luís Carlos Araújo Alves, Gildo Alves e grande elenco no núcleo do Cangaço; Sebastião Costa, Humberto Cellu’s, Feliciano Feliz, Carlos Silva, Ricky Lacerda e número expressivo de atores compondo o núcleo da Volante; além de Dorotea Nogueira e Zuleide Vieira. A direção de Fotografia e Câmera ficou por conta de Camilo Melo e Álvaro Severo.

IPVA 2018: Pernambuco anuncia redução média de 3% no valor do imposto

Trânsito no Cais de Santa Rita, na região central do Recife (Foto: Katherine Coutinho/G1)
Foto: Katherine Coutinho/G1
Os motoristas de Pernambuco vão pagar menos pelo licenciamento de veículos, em 2018. O governo do estado anunciou, no início da tarde desta quinta-feira (14), a redução média de 3% no valor do Imposto sobre a Propriedade de Veículos Automotores (IPVA). A comparação é feita com a cobrança efetuada em 2017.

Os contribuintes que pagarem o IPVA em cota única terão um desconto de 7%. Os proprietários também podem optar pelo parcelamento em até três vezes. Os boletos ficarão disponíveis no site do Detran a partir do dia 2 de janeiro.

Por meio de nota, o governo justificou que a redução do IPVA levou em conta a queda do valor venal dos veículos. Essa diminuição foi atestada, segundo a administração estadual, pela Fundação Instituto de Pesquisas Aplicáveis (Fipe). O valor médio da redução é de 3%, o que reflete também no IPVA.

O valor a pagar do IPVA é calculado com base no valor venal do veículo, sobre o qual aplica-se uma alíquota que varia de 1 a 4%.

Variação no valor venal dos veículos entre 2017 e 2018

Tipo de veículo Frota em PE Variação

Automóveis 1.058.346 -3,4%

Camionetas e utilitários 238.175 -3,65%

Caminhões 77.327 -5,9%

Ônibus/micro-ônibus 32.357 -4,43%

Motos e similares 1.071.082 -2,19

Motor-casa 49 -4,03

No caso dos automóveis, a redução foi de 3,4%. Para caminhões, por exemplo, o preço diminuiu, em média, 5,9%. Com base nisso, houve a determinação de reduzir o valor do IPVA.

Pernambuco tem atualmente uma frota de 2,4 milhões de veículos. Os automóveis somam pouco mais de um milhão e as motos, um milhão. Há 77 mil caminhões e 32 mil ônibus. Há, ainda, 238 mil caminhonetes e utilitários.

Dúvidas sobre o pagamento do IPVA e a forma como ele é calculado podem ser tiradas através da página da Secretaria da Fazenda de Pernambuco. A tabela com os valores venais dos veículos ainda não foi divulgada pelo governo.
Isenção de multas no IPVA para motos
O governo anunciou, na quarta-feira (13), anistia de 100% da multa e juros do IPVA atrasado para motocicletas em Pernambuco. Para ter direito ao benefício, os proprietários devem regularizar a situação de débito até o dia 28 de dezembro deste ano.

As pendências podem ser regularizadas através de boletos, retirados exclusivamente pelo site do Detran. Quando emitido, o boleto já dispensa o valor dos juros e das multas. Caso haja algum questionamento administrativo ou judicial em tramitação, o contribuinte precisa desistir do procedimento para ter direito aos benefícios.

quarta-feira, 13 de dezembro de 2017

105 anos do Rei do Baião: 'Ele era muito mais do que o que deram', diz irmão de Luiz Gonzaga

Da direita para esquerda, Luiz Gonzaga ao lado de João Gonzaga, o neto, a nora e o filho Gonzaguinha. (Foto: Joyce de Oliveira Januário / Arquivo pessoal)
Foto: Joyce de Oliveira Januário / Arquivo pessoal
João Batista Januário retalhava um bode quando iniciamos a nossa conversa. Disposto a colaborar, ele me disse: 'sou matuto, mas estou à sua disposição’. E foi entre os cortes precisos nas juntas do caprino, que, 'o João 'Gonzaga' fez o retorno ao passado do irmão de criação e padrinho de batismo, Luiz Gonzaga, que nesta quinta-feira (13) completaria 105 anos.

João Gonzaga foi adotado com três dias de nascido por Januário José dos Santos e Ana Batista de Jesus, a 'mãe Santana', os pais de Luiz Gonzaga. “Quando eu cheguei na fazenda Lagoa Grande, em Exu e de lá fui conduzido pequeninho até a fazenda Araripe. Foi uma das melhores coisas que aconteceram na minha vida, eu jamais seria capaz de definir a importância de receber o nome Gonzaga”, afirma.
Foto: Joyce de Oliveira Januário/ Arquivo pessoal 

Criado vendo Januário consertar a velha sanfona, a admiração pelo padrinho teve que esperar ele 'se entender por gente', como mesmo diz. “Um certo dia, veio meu pai e disse que eu ia conhecer Gonzaga. Eu não tinha a menor ideia de quem era Luiz Gonzaga. Eu ouvia falar dentro que ele era meu padrinho. Eu fui batizado na Igreja do Araripe, mas ele ficou muito tempo sem ir em casa”, esclarece.

A primeira apresentação de Luiz Gonzaga que ficou guardada na memória do seu João foi da festa do centenário do Araripe que aconteceu no ano de 1968 em Exu. “Foi daí que partiu minha grande admiração. Luiz Gonzaga era aquela pessoa que apesar de artista, era muito família. Ele quando estava de bem comigo, e quando estava fazendo as coisas certas, me chamava de Joãozinho, se eu não tivesse, era sujeito”, lembra.

Até o período do centenário ele veio pouco a Exu, mas isso mudou a partir da festa. “O maior bem que ele tinha na face da terra era aquele velho Januário. Quando ele fazia um show em Recife. Ele procurava um jeito de vir em Exu. Foi aí que ele comprou o Parque Asa Branca. Depois disso, que ele passou a vir mais vezes”.

Sob a luz dos seus 55 anos de idade, João ressalta o que mais chamava atenção em Luiz Gonzaga era a simplicidade. “No parque Asa Branca, ele ficava de short, usava sandália, andava tranquilo na nossa cidade. Era um homem do povão, mas quando ficava em casa gostava de ficar sozinho".

terça-feira, 12 de dezembro de 2017

Programa oferece 1.300 bolsas de estudo em instituições de ensino superior municipais em Pernambuco

Bolsas contemplarão estudantes de ciência e tecnologia em Pernambuco (Foto: Fabio Rodrigues/G1)
Foto: Fabio Rodrigues/G1
Uma portaria da secretaria de Ciência e Tecnologia, publicada no Diário Oficial desta terça-feira (12), detalha a oferta de 1.300 bolsas de estudo para o Programa Universidade para Todos em Pernambuco (Proupe). De acordo com o edital, terão prioridade as áreas de ciência, tecnologia, engenharia, matemática e computação. As inscrições gratuitas começam na segunda-feira (18).

As mudanças no programa, com prioridade para cursos de ciências exatas , foram anunciadas pelo governo estadual em outubro. Podem participar do Proupe universitários de escolas públicas e privadas (em caso de bolsa integral), bem como professores efetivos da rede pública de ensino e que não estejam licenciados.

Os interessados podem realizar o cadastro até 3 de janeiro pelo site da Secretaria de Ciência e Tecnologia. Participam do programa as autarquias municipais de ensino superior, sem fins lucrativos, no interior pernambucano.

Após a inscrição inicial feita pelo site, o candidato deve validar presencialmente o cadastro, com a entrega de documentos pessoais, como identidade e CPF, além de comprovante de inscrição, original e cópia do documento citado no cadastro, comprovante da nota escolar usada para a seleção.

Para os cursos de matemática, física, química, biologia, além de engenharias, informática, estatística e de tecnólogo as bolsas são de R$ 245. Para os demais, o valor ficará em R$ 135. Os valores são repassadas às autarquias, que vão abater esse montante das mensalidades dos candidatos aprovados.

Processo

Os candidatos serão selecionados por nota. As autarquias terão até 9 de janeiro de 2018 para inserção da nota final de cada candidato no sistema do programa. O resultado dos bolsistas contemplados será divulgado em 25 de janeiro também pelo site da secretaria.

História
Criado há seis anos, o Proupe concede bolsas de estudo para alunos do Ensino Superior em autarquias municipais sem fins lucrativos. A nova lei também estabelece a nota mínima de 450 pontos no Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) para selecionar alunos.

O Proupe atendeu uma média mensal de 8.800 alunos. O investimento, nesse período, chegou a R$ 100 milhões. A partir de 2018, 60% das bolsas serão destinadas às áreas de ciências. Em 2020, esse percentual subirá para 70%.

De acordo com o governo do estado, a mudança no programa, que alterou a Lei Estadual nº 14.430, de setembro de 2011, toma como ponto de partida “a necessidade de preparar os pernambucanos para as transformações globais, assegurando condições para uma economia e sociedade digitais aptas a elevar a qualidade de vida e garantir o desenvolvimento econômico das gerações”.

'Semana da Saúde em Movimento' é realizada em Afogados da Ingazeira

Evento inicou na segunda-feira (11) e segue até o próximo sábado (16) em Afogados da Ingazeira (Foto: Assessoria/Divulgação)
Foto: Assessoria/Divulgação
A “Semana da Saúde em Movimento” está sendo realizada em Afogados da Ingazeira, no Sertão de Pernambuco. A ação, que iniciou na segunda-feira (10) e segue até o próximo sábado (16), está acontecendo nas Unidades Básicas de Saúde (UBS) dos bairros Costa, São Brás, Padre Pereira, Mandacaru, São Francisco e Sobreira.

Na sexta-feira (15), a partir das 19h, irá ocorrer uma aula de ritmos e atividades físicas na Praça Monsenhor Alfredo de Arruda Câmara. O evento é aberto para o público.

Caminhada para Solidão


O encerramento do evento vai acontecer no sábado (16) com a caminhada para a cidade de Solidão, no Sertão de Pernambuco. As inscrições para participar já estão abertas e podem ser feitas das 8h às 13h, na Secretaria Municipal de Saúde, próximo à Praça dos Correios. Para se inscrever, é preciso apresentar o documento de identidade e 1kg de alimento não perecível.

A concentração para saída da caminhada está prevista às 23h, na Praça Alfredo de Arruda Câmara. Uma equipe de apoio, com ambulância e profissionais de saúde, foi montada para acompanhar os participantes.

segunda-feira, 11 de dezembro de 2017

Serra Talhada recebe finais dos Jogos Abertos de Pernambuco

Jogos Abertos acontecem em Serra Talhada (Foto: Divulgação / Jogos Abertos)
Foto: Divulgação / Jogos Abertos
A cidade de Serra Talhada recebe de 13 a 17 de dezembro as finais dos Jogos Abertos de Pernambuco. A competição reúne várias modalidades esportivas e mais de 1.000 atletas de 40 municípios do Estado.

Os Jogos acontecem a partir das fases regionais e termina na etapa estadual, onde são realizadas as finais de cada modalidade. A cerimônia de abertura da competição acontece na quinta-feira, a partir das 19h30, no Ginásio Egídio Torres.

Serra Talhada será representada no futsal feminino, handebol feminino, handebol masculino, futebol, voleibol e vôlei de areia.

Postagens mais antigas → Página inicial